Mariani Piaget reflete sobre autoaceitação e os desafios para estar bem com o corpo

A influenciadora e modelo, que hoje tem um estilo de vida saudável, conta que já se submeteu a diversas loucuras para se encaixar nos padrões que a sociedade tenta impor.

Ainda que extremamente necessário, aceitar o corpo como ele é não é uma tarefa tão simples. A influenciadora Mariani Piaget que o diga. Ela conta que já fez várias loucuras para se encaixar nos padrões que a sociedade tenta impor. 

“Cheguei a tomar laxante pensando que iria emagrecer. Acho que a autoestima da mulher está no cuidado com ela própria. Você precisa ter um tempo pra você, parar se cuidar, né? Porque isso faz muito bem para o seu bem-estar, mas não pode deixar que isso vire uma doença. Eu, mesma, já tive esse problema de comer e colocar o dedo na garganta e vomitar tudo. Isso para tentar se encaixar em um padrão que a sociedade impõe, mas esse padrão é muito difícil”, conta a modelo, que já teve o corpo como alvo de críticas. 

“Muitas vezes. Teve uma história que me deixou muito triste. Eu estava em um barco e o menino que estava comigo falou para eu colocar uma roupa e esconder minha barriga, porque eu estava gorda (isso marcou muito a minha vida), porém, desde então eu comecei a me cuidar e não parei até hoje. Na web, quando você decide se expor, você está aberta às críticas. E eles criticam tudo, se você está magra, se você está gorda… Eu sempre falo que para trabalhar com internet você tem que ter um psicológico muito bom”, lamenta. 

Mariani conta que já teve a autoestima baixa devido a toda essa pressão.

“Já sofri muito com isso. Até hoje às vezes me dá umas crises existenciais. Se você emagrecer, você está muito magra, se engordar, você está muito gorda. Enfim, é muito complicado. Eu acho que as pessoas deveriam medir as palavras quando se referem a um ser humano. Hoje em dia, as pessoas se escondem atrás de um celular e acham que podem falar o que quiserem e muitas vezes, isso machuca. As pessoas reduzem a outra a aparência, é a gordinha, a magrinha…E julgam muito também”, reflete. 

Mas Mariani sabe que fazer loucuras para ter o corpo sarado não é nada saudável. Atualmente, ela coloca a saúde em primeiro lugar. Faz exercícios físicos e tem uma alimentação saudável, que é prescrita por profissionais. 

“Treino 5x na semana e faço muay thai. Tenho uma dieta mais low carb e evito doces”, comenta. 

Ela até deu um conselho para que mulheres não coloquem a saúde em risco em nome da estética. 

“Não façam isso, a maioria das coisas que vocês olham na internet como por exemplo ‘Perca 7 quilos em 7 dias com esse chá!’ Isso não existe, você vai simplesmente perder água e pode até parar no hospital. Eu acho que assim, se você não está feliz com seu corpo você pode mudar, mas mude por você e não pelo outros”, finaliza.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias