Barra

Entenda a Revolução dos Robôs de investimento na bolsa de valores

Conforme o tempo passa, as formas da sociedade interagir com o mundo e seus sistemas se modifica. A tendência humana é sempre melhorar e facilitar o modo de realizar suas tarefas – e o avanço tecnológico é uma prova disso. No campo da vida urbana, rural, na cultura, entretenimento e até no meio de trabalho a integração do homem com as maquinas está cada vez maior.

Em filmes e séries, por exemplo, é comum encontrarmos indícios dessa visão futurista – que vai fundindo a humanidade com a tecnologia, consolidando essa relação de mútua dependência. Quando essas relações chegam ao mercado de trabalho, por outro lado, acabam ganhando um tom mais discutível.

Desde a Revolução Industrial, a tecnologia tomou conta de alguns setores – principalmente da indústria e do campo. Funções manuais foram facilmente substituídas pelo maquinário. Contudo, o assunto se torna polêmico quando as máquinas passam a ocupar posições de tomada de decisão.

Por mais assombroso que esse tema possa parecer num primeiro momento, essa tecnologia pode estar mais perto do que você pensa. No mundo dos investimentos, os robôs já são uma realidade fundamental para se obter resultados de sucesso.

Segundo a Empiricus, um dos maiores veículos de investimentos no Brasil, a categoria de fundos quantitativos, nas quais os robôs operam, atua em 1% do patrimônio líquido da indústria nacional. Já nos Estados Unidos, os quantitativos correspondem a cerca de 25% do mercado – o que indica que essas estimativas só tendem a crescer.

Luís Machado é fundador da fraternidade BOTMINDS e especialista no nicho de robôs de investimento. Durante três anos, o especialista buscou entender a oferta do mercado na área e percebeu que ela não conseguia dar conta da demanda, além de possuir brechas para inúmeras fraudes e esquemas de pirâmide. Foi então que ele passou a se associar com desenvolvedores, empresas de estratégias automatizadas e grupos de investidores, para poder formar sua fraternidade.

Segundo Luís, os robôs são uma codificação – uma programação do conhecimento de um investidor experiente dentro de um sistema que toma as decisões que esse investidor faria se estivesse na frente do computador. Ele garante que os robôs não são uma garantia de rentabilidade, mas sim uma segurança e maior probabilidade de sucesso no investimento.

Hoje, a BOTMINDS é uma autoridade no assunto e Luís possuí uma enorme credibilidade na área, por conta da sua extensa rede de contatos. Por conta de sua experiência, e com o objetivo de difundir o nicho, ele criou um perfil no Instagram, que já conta com mais de 28 mil seguidores – o @robosdeinvestimento. No perfil, além de prevenir que seus seguidores acabem por cair em algum tipo de fraude, com uma linguagem simples e direta, Luís consegue orientar todos os tipos de investidores, para que entendam o funcionamento do mercado e tenham mais chances alcançar o sucesso que tanto desejam.