Barra

Will Batista: da depressão ao sucesso no marketing digital

Baiano ganha espaço por ensinar pessoas a utilizarem estratégias de SEO no YouTube

Histórias de superação acontecem todos os dias, sem que a gente perceba. William Batista é um desses casos. Ele vem da cidade de São José da Vitória, no sul da Bahia, com apenas cinco mil habitantes. O profissional atua no mercado digital desde 2015, mas nunca quis, de fato, se profissionalizar, ou pagar por algo que pudesse o ajudar a crescer e se desenvolver no negócio, seguindo uma carreira mediana.

Mas, como toda história tem o seu revés, em junho do ano passado o pai de Will faleceu, ele entrou em processo de divórcio e em quatro meses ele perdeu também a mãe. Todos os acontecimentos abalaram muito o especialista em marketing.

“Não resisti a tantos acontecimentos ruins e tive um início de depressão. Perdi os clientes por não consegui cumprir os contratos e cheguei ao ponto de pensar em tirar a própria vida. Em uma noite meu filho com 10 anos deitou sobre meu peito e disse: Papai, você sabe que eu te amo e que eu não sei viver sem o senhor, não é? Nesse momento decidi viver e mergulhei de cabeça no mercado digital, me especializei e me tornei referência em vendas no YouTube”, conta emocionado.

Will, hoje conhecido como “O Rei do Youtube”, começou a estudar em busca de ser especialista em SEO para YouTube, ajudando seus clientes a serem melhor posicionados, colocando seus vídeos na primeira página do site audiovisual. Ele também realiza mentorias para pessoas que querem empreender na internet, em especial usando o YouTube. Seu método ensina as pessoas a criarem “rendas passivas” utilizando canais e produzindo vídeos que culminem em vendas.

Mercado –  Segundo apontam pesquisas, o YouTube é acessado por 95% da população brasileira, que utiliza para consumo de vídeos de mais variados tipos, seja musical, vídeos engraçados ou para cursos. O Brasil tem destaque na plataforma porque é o segundo país com maior número de acessos.

Ainda de acordo com pesquisas, 79% das pessoas dizem que preferem assistir à tutoriais na internet do que ler materiais escritos, o que justifica o sucesso da plataforma audiovisual.