Barra

Redes sociais x promoção da fé: como conciliar esses dois fatores, por Frei Alex Nuno

O uso da tecnologia, cada vez mais presente em nosso cotidiano, tem promovido a aproximação de determinadas “figuras” de formas antes inimagináveis. Fato é que, a possibilidade de estar presente no dia a dia das pessoas com tamanha facilidade, permite não só conhecer como, muitas vezes, descobrir seres ilustres em pessoas que antes possuíam menor visibilidade.

Esta participação especial nas redes sociais não segue padrões e mais do que isso, não impõe restrições relacionadas ao tipo de pessoas que ali são bem-vindas. Pelo contrário, a participação de religiosos, por exemplo, têm sido cada vez mais frequente. As pessoas buscam através dali afago para suas almas e, graças ao bom humor de muito destes, saem dali iluminados.

Esse é o caso do Frei Alex Nuno, que vem cativando e arrebanhando uma multidão de seguidores em suas redes sociais, que acompanham diariamente suas postagens e buscam se aproximar deste servo. O jovem padre de Brasília faz de sua vocação um lugar de encontro com o Senhor na internet.

Seguido atualmente por mais de 400 mil pessoas em suas redes sociais, o padre tem levado o amor pela Igreja a muitos que buscam perfis do gênero em busca de afago. Presente no Instagram através da conta @freialexnuno, a criatividade e bom humor do frei têm sido diferenciais que cativam o público. Além disso, acredita-se que a identificação dos seguidores com seu conteúdo de maneira geral se dá pelo seu jeito próximo, sereno e de paz ao evangelizar.

Pertencente a Ordem Dos Frades Menores Conventuais, o Frei carrega consigo a mesma necessidade que São Francisco de Assis tinha em pregar o evangelho. Utilizando uma linguagem clara e de fácil compreensão, Frei Alex Nuno tem explorado as redes sociais para alcançar vidas e levar palavras de incentivo e motivação a quem precisa.

Embora considere a importância de um sacerdote saber se comportar nas redes sociais, questionado sobre esse espaço a ser explorado o frei afirma: “A honra da glória de Deus se dará em nossas vidas quando cada vez mais oferecermo-nos ao ministério de Jesus Cristo, que enviou-nos ao mundo, também virtual, como instrumentos seus”.

A ideia de utilizar as mídias digitais como meio propagador da fé cristã tem agido de modo a reforçar sua vocação. O frei, que por volta dos 7 anos de idade foi contra as idealizações dos meninos de sua idade – que sonham em ser jogadores de futebol – e disse à mãe que gostaria de ser sacerdote, responde e reafirma seu chamado dia após dia, postagem após postagem. Sua avó contribuiu para que esse amor florescesse em seu coração: “coube à minha avó a tarefa de me ensinar as primeiras orações e o amor pelas coisas de Deus”, afirma Frei Alex Nuno, que reconhece ser sua avó Dilce a “porta de entrada” para sua vida sacerdotal.

A vida sacerdotal e, especialmente, repercussão nas redes sociais foi algo que aconteceu naturalmente e, ao mesmo tempo, causou uma surpresa boa para o frei, que emenda: “não imaginei ir tão distante assim, mas o olhar de Deus certamente está sobre mim durante todo tempo. Já passei por tantos lugares e descobri que Jesus sempre chegava antes de mim. No Altar de Deus encontrei abrigo, por meio das diversas pessoas que hoje fazem parte de minha história sacerdotal. Amo ser padre, não me vejo de outra forma e escolhi os passos de São Francisco como modelo de vida e profissão”, conclui Alex Nuno.

Ao ser questionado se já pensou em outra profissão ele responde, sorridente e de forma categórica: “não fui eu quem escolhi o sacerdócio exatamente, Deus me chamou. Minha profissão é essa desde o meu batizado”.

Em 2011, Frei Alex Nuno teve a oportunidade de participar do Festival de Música Cia de Músicos, ficando entre os 3 vencedores. A partir disso, sentiu-se impulsionado a desbravar novos caminhos, lançando seu primeiro CD intitulado “Sou Feliz”, disponível em todas as plataformas digitais.

Ainda sobre sua jornada musical, o frei dirigiu musicais católicos e produziu inúmeros shows cristãos conciliando sua vida sacerdotal, celebrações diárias e dominicais das Santas Missas e Sacramentos da Igreja com atividades voltadas à divulgação da fé. Ordenado há 7 anos, frei Alex já batizou mais de 5 mil fiéis, entre jovens e crianças, e acumula dezenas de casamentos celebrados em todo o Brasil.