Barra

Empreendedor desde os 16 anos, Rafael Duarte fatura milhões vendendo pela internet

Carioca usa suas redes sociais para ensinar out

Empreender no Brasil vai além de ter um CNPJ e não tem idade, o jovem empreendedor Rafael Duarte prova isso para o mercado. Sua história no empreendedorismo começou muito cedo com apenas 16 anos de idade trabalhando com internet. 

Rafael Duarte é um jovem carioca de 28 anos. No entanto, sua moradia hoje é outra cidade litorânea Balneário Camboriu (SC). Quando iniciou sua jornada, comprava suplementos em sites fora do país e revendendo para colegas na academia. Na época, sem entender direito o processo e que o que vinha fazendo, era de fato, uma excelente experiência para se tornar um empresário. 

Algum tempo depois, ele decidiu comprar produtos importados da China e revender por meio de classificados na rede social Facebook. “Com apenas 17 anos, enquanto a maioria dos meus amigos estava trabalhando em empregos muito mais sacrificantes do que o meu para ganhar algo em torno de um salário mínimo, eu já ganhava cinco vezes mais vendendo pela internet”, ele conta, orgulhoso. Seu negócio iniciou com apenas 300 reais, mas se tornou um mercado milionário. 

Mercado – Um dos motivos pelo qual ele se tornou um milionário tem a ver com o novo hábito de consumo do usuário. Cada dia mais, as pessoas preferem comprar pela internet do que irem as lojas. Nos Estados Unidos, diversos shoppings estão fechando e dando lugares a galpões de armazenamento de produtos de lojas virtuais.

Segundo um estudo da Credit Suisse, 25% dos Shoppings americanos devem fechar até 2022. No Brasil, o e-commerce foi um dos poucos negócios que se manteve em crescimento mesmo diante da crise no país, e segue batendo recordes ano após ano. “Sabemos que a tendência é que o mercado cresça ainda mais e é preciso o comércio estar antenado para poder acompanhar esse processo de mudança”, ele explica.

Hoje o empresário é proprietário da RDX, empresa que tem operações nos Estados Unidos, e fatura milhões ensinando brasileiros a montarem seu próprio negócio online.

Redes sociais – Em suas redes sociais, principalmente no Instagram, ele publica diariamente conteúdos sobre empreendedorismo, e temas relacionados ao e-commerce. O objetivo é ajudar para que outras pessoas entendam mais sobre o assunto, e possam se atualizar e se inspirar sobre o mercado. 

ras pessoas a trabalharem o e-commerce no Brasil