Barra

Cirurgião explica que nova técnica de lipoaspiração possibilita um pós-operatório menos doloroso

A busca por cirurgias de lipoaspiração está cada vez maior. O cirurgião plástico Regis Ramos disse que com o passar do tempo e os avanços tecnológicos é possível realizar o procedimento de forma menos invasiva e com resultados cada vez melhores no pós-operatório.

Ramos explicou que a nova técnica de lipoaspiração chamada “ONE S.T.E.P.” possibilita grande redução da dor, minimizando o trauma nos tecidos com grande redução de hematomas no pós-operatório. Dessa forma, o paciente tem uma rápida recuperação, proporcionando um excelente ganho de tempo e bem-estar. O especialista reforça que após o procedimento a recuperação é rápida, e possibilita a prática de exercícios físicos precocemente.

“Esta inovação possibilita o uso da gordura coletada com células tronco para novos tratamentos,usando como preenchimento de sulcos faciais,harmonização da face,enxertos de glúteos e mamas e rejuvenescimento das mãos,” esclareceu.

Os benefícios da nova técnica são:

*Uso do laser para extração de tecido adiposo,preservando adipócitos e células tronco do tecido coletado:
*Sem curetagem;
*Baixo volume de infiltração
*Uso imediato do tecido coletado,sem processamento ou necessites enzimas;
*Temperatura de trabalho do laser abaixo da corpórea;
*Sem queimaduras ou fibroses;
*Rápida recuperação às atividades laborais do paciente;
*Retração da pele e redução da flacidez;
*Enxerto livre de tecidos conectivos e grumos;
*Viabilização para enxerto composto, destinado a possível regeneração de pele, tecido subcutâneo, cartilagem e mucosas.