Barra

Após Covid, Jamm´ grava nova versão de “100 days” de Sharon Jones

Em 2021, Jamm´um dos melhores produtores musicais do Brasil, conhecido como “David Guetta brasileiro” contraiu Covid-19 e chegou a ficar 12 dias na UTI do hospital com 80% dos pulmões comprometidos, além de muitos dias internado e em repouso. Durante essa fase difícil, Jamm´, que já produziu para grandes nomes do cenário musical nacional e internacional, buscou a música como alternativa para relaxar em um momento tão complicado.

E sua música preferida (e mais ouvida) era “100 days, 100 nights” gravada pela diva da black music, Sharon Jones, que faleceu em 2016.

“Essa música tem um significado muito especial para mim. Através dela ganhei motivação e ânimo para batalhar pela minha vida. Para quem não sabe, em 2021 fui internado com Covid , 80% dos pulmões acometidos, quase morri. Deitado na cama da UTI só pensava em me curar e voltar ao estúdio para produzir esse remake e agora, um ano depois torna-se realidade. Os vocais potentes da canção e a energia que me passou, me fez refletir sobre minha vida e uma vontade enorme de regravar essa canção, sem perder os detalhes da versão original.  Me apresentaram a cantora Francine Moh, irmã caçula de Vanessa Jackson, que já foi vocalista de Seu Jorge, Mano Brow e atualmente do cantor Jão. Apresentei a música à ela e foi “match”. Gravamos e o resultado ficou sensacional e estamos lançando nas plataformas nessa semana”, declara Jamm´ que ficou extremamente satisfeito com o resultado e feliz com a cura pela Covid-19.

“Quero que todos conheçam essa canção, porque tem uma força muito grande. Felizmente estou bem de saúde e agradeço a força da canção que me auxiliou na recuperação em um momento tão difícil. A música realmente cura”, declara o DJ e produtor.Link da faixa: https://onerpm.link/100days

Fotos: Robert thompson