Ensino online cresce com a pandemia, mas desafios ainda são grandes

Rodrigo Bucollo, da Best View Inglês, acredita que a educação remota pode democratizar o aprendizado

Com a chegada da vacina contra a Covid-19, escolas de todo o Brasil se animam e começam a planejar o retorno ao ensino presencial. O empresário e professor Rodrigo Bucollo, da Best View Inglês, afirma que cursos e escolas que já apostavam em novas formas de ensino, largaram na frente na pandemia.

“A pandemia deixou claro que muitas empresas e segmentos ainda precisavam alterar alguns processos e aproveitar toda a tecnologia que já estava disponível. No ensino não foi diferente, muitas escolas que ainda acreditavam somente no modelo de ensino presencial tiveram que correr atrás para colocar os seus cursos de forma online. As escolas que saíram na frente e que já tinham os seus modelos preparados com um bom embasamento pedagógico e tecnologia para suprir as necessidades dos alunos tiveram grandes vantagens durante a pandemia, por exemplo, tivemos um crescimento na Best View de 30% no ano de 2020”, afirma o professor, que acredita em mudanças no ensino com o fim da pandemia:

“Há muitos termos, conceitos e teorias que podem ser transmitidos ao aluno por meio de vídeos, apps, jogos online e áudios. Não há necessidade de termos um professor por 1 hora explicando conceitos aos alunos.
A sala de aula é muito mais do que um ambiente apenas para que conhecimentos sejam transmitidos, é um espaço de convivência e desenvolvimento social. Em sala de aula o professor deve ser um guia, um orientador para que uma comunicação de verdade aconteça”.

Bucollo acredita que o ensino no Brasil é elitista, mas com a chegada dos cursos online, que normalmente são mais baratos, haverá uma democratização do aprendizado de qualidade.

“O ensino de qualidade é para poucos. Com a chegada dos cursos online e muitos muitos novos players, é natural que nós tenhamos uma democratização muito do aprendizado, não apenas do inglês, mas na escola como um todo. Na Best View já acreditamos nisso e, por isso, que os nossos cursos com muita qualidade possuem valores acessíveis a todos. Acreditamos, sim, que a educação transforma a sociedade, muda a maneira como as pessoas agem, com o seu senso crítico e com suas vontades e desejos. Mas não pode ser para poucos, tem que ser para todos”, pondera.

Estimulando a mente para aprender inglês em casa

Rodrigo acredita que utilizando todas as ferramentas que temos à nossa disposição pode aprender inglês em casa.

“Grande parte da população já possui um smartphone dentro de sua residência. Essa é a verdade para a grande maioria da população e o simples fato de você ter um smartphone nas suas mãos garante que você tenha uma ferramenta poderosa ,aliás poderosíssima para que você faça pesquisas, para que você estimule o aprendizado que você está tendo e faça com que o inglês tenha mais sentido. A grande dificuldade dos nossos alunos, hoje em dia, é que eles apenas utilizam inglês em sala de aula e eles não fazem do inglês parte do seu dia a dia. Por exemplo, uma forma simples que você tem para estimular a sua mente a aprender inglês é trocar toda a configuração do seu celular para inglês, no começo vai parecer difícil e desafiador, porém rapidamente você verá que o seu cérebro irá reconhecer todas aquelas palavras e o significado delas dentro do contexto. Outra dica valiosa que sempre dou é colocar todas as suas séries favoritas com o áudio em INGLÊS.
E é claro, com todas as ferramentas de comunicação, por que não treinar com seus amigos criando um grupo em um aplicativo de mensagens onde só é permitido a comunicação em Inglês?”, questiona o professor.

Rodrigo também dá dicas de evitar distrações na hora de aprender.

“Nós vivemos em um mundo cheio de distrações. O nosso celular, que é uma ferramenta de aprendizado valiosa, com todas as notificações, toca a todo momento e nos chama para diversas outras atividades! Mas será que estas atividades são tão importantes quando o seu desenvolvimento? O Seu aprendizado?Aqui o problema não é a ferramenta e nem o método, mas o FOCO do aluno. A dica é, elimine as distrações. Se você tem muitos problemas com os grupos de WhatsApp, simples, silencie os grupos.
Se recebe muitas notificações? Desligue-as”, finaliza.
No momento do estudo nada é mais importante que o seu foco nos estudos

creditos vhassessoria

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias