Bea Galhano lança single “Bumbunka”, que chega com videoclipe dirigido por Lucas Penteado

Com influências do afrobeat e afropop e chegando para dar início à nova era da carreira, a cantora, compositora e influenciadora Bea Galhano, de apenas 17 anos, acaba de lançar a faixa “Bumbunka“, que chega acompanhada de um videoclipe dirigido pelo ex BBB Lucas Penteado. A canção já está disponível em todas as plataformas digitais e o clipe no youtube da cantora. 

A composição autoral em parceria com os artistas Flávia Melo e Ina Arruda, conta com a produção musical de Digroove, vencedor do prêmio Multishow 2020 na categoria de “Canção do Ano” com a faixa “Braille” e que também contribuiu na composição da faixa. O single é o primeiro lançamento de uma série de faixas que antecedem o seu 1º EP da carreira.

“Essa faixa é muito importante pra mim porque é o meu primeiro trabalho esse ano e eu nunca me dediquei tanto em um projeto quanto me dediquei a este. Como artista independente, no começo é muito difícil, mas esse lançamento é para servir como inspiração para todos que estão começando: tudo é possível”, afirma Bea.

“Bumbunka” chega para mostrar uma nova fase da cantora, apresentando uma Bea cheia de atitudes e sem medo de ser quem ela é. “Essa música mostra que nós, mulheres negras, podemos e devemos ser independentes”, afirma Bea. Além disso, ela também reforça a inspiração que busca transmitir com esse lançamento: “Quero mostrar também aos artistas que estão começando, que é difícil, mas não é impossível. Todas as pessoas vão te criticar, mas não se deve ligar pra isso. A melhor resposta é o sucesso”, completa.

Ainda sobre o processo de composição, a cantora completa: “Geralmente eu pego uma batida qualquer e começo a compor, primeiro eu faço a melodia e gravo depois vou colocando as palavras. Cheguei no estúdio  apenas com uma ideia e uma letra inacabada pois estava passando por um bloqueio criativo. Então, eu e o meu produtor começamos a estudar, escutar várias músicas e pesquisar as referências. O tempo todo compartilhando as ideias com a Ina e com a Flávia, foi tudo tão dinâmico que terminamos no mesmo dia”, declara.

O videoclipe, que conta com a direção de Lucas Penteado e chega com imagens e uma coreografia muito animadas, traz bastante representatividade e aspectos e características dos anos 2000. “A proposta do clipe surgiu de um desejo de representar  essa negritude  dos anos 2000, lembrar da nossa contribuição à arte que mesmo pouco valorizada nunca deixou de existir e ser manifesta, e é claro, trazer um pouco do balanço da nossa música e cultura”, aponta a cantora.

“Que eu conheci o Lucas no projeto black house e que  nos demos muito bem e eu conversei com ele sobre a minha carreira e ele super se interessou em me ajudar nesse meu novo projeto, que é a ‘Bumbunka’. Falamos sobre o tema 2000, discutimos ideias e figurinos e fechamos. Foi muito especial ter ele nesse projeto”, finaliza.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias