Connect with us

Geral

Pajaris apresenta maiô tomara que caia, uma das tendências para o verão 2021

Published

on

Uma excelente opção pra quem ainda tem um pouco de vergonha e não quer usar biquíni, é arrasar de maiô nesse verão. Os maiôs estão cada dia mais estilosos e com mais detalhes que chamam atenção. Foi pensando nisso que a Pajaris trouxe o modelo Tenerife, maiô tomara que caia com cinto e detalhe em dourado.

Você lembra das blusinhas tomara que caia que faziam o maior sucesso nos anos 2000? Essa moda está voltando nos maiôs! O maiô sem alça, conhecido como tomara que caia, é delicado e apresenta uma modelagem elegante e única.

O investimento criativo nesse modelo tem aumentado ao longo dos anos. O maiô sem alça é preferência para muitas mulheres, principalmente porque não deixa marquinhas de bronzeado que podem conflitar com outras roupas.

O maiô no estilo tomara que caia é contemporâneo e, acompanhado de um cinto delicado com detalhe em dourado, confere ainda mais elegância na ida à praia. A modelagem é justa para dar uma melhor sustentação ao corpo e se adapta super bem.

Biotipos que aceitam muito bem o maiô tomara que caia são ampulheta, retângulo e triângulo: ideal para quem quer evidenciar a região do colo e os braços. O maiô tomara que caia harmoniza bem em mulheres de seios pequenos e médios.

Uma dica é usar a peça também no dia a dia, como body:

  • Com peças mais formais, como calça de alfaiataria e blazer;
  • Para um look moderno, combine com calça jeans e tênis;
  • Bem fashionista, combine sobreposições

Camila Panades, mente criativa e estilista da marca, recomenda compor o look com uma saída de praia. “Eu gosto muito de complementar o look com uma saída de praia com transparência: elegância e sensualidade na medida certa!”. O que não vale é ficar de fora dessa tendência. Confira agora mesmo esse modelo no site da Pajaris, nas cores Vermelho e Areia. Compre em www.pajaris.com.br e acompanhe as tendências pelo Instagram @pajaris.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Você se incomoda com a maneira como os outros se vestem?

Published

on

Que atire a primeira pedra quem nunca julgou a roupa de alguém, principalmente, porque a maioria de nós acredita naquele ditado que diz que “a primeira impressão é a que fica”.

 

Mas, porque será que as pessoas se incomodam tanto com a maneira como que os outros se vestem?

 

Se isso lhe incomoda demasiadamente, alguma coisa está errada.

 

Acordar de manhã, abrir o guarda-roupa e escolher um look, é, na maioria das vezes, um ato mecânico e sem importância especial para muitas pessoas.

 

E, por mais corriqueiro que seja o hábito, cientistas afirmam que a roupa escolhida tem o poder de alterar o comportamento de quem a veste.

 

Como assim Érica?

 

A escolha das roupas indicam nosso humor e estado de espírito. Uma pessoa animada procura por peças com mais cores, energéticas. Geralmente, se uma pessoa não estiver em um bom dia, se for mais introvertida e discreta, vai buscar por tonalidades neutras ou escuras.

 

Já tive clientes que escondiam suas personalidades atrás de roupas mais sérias, assim como algumas que buscavam estampas mais chamativas com a intenção de intimidar os outros ao seu redor.

 

Isso não é regra, mas acontece.

 

Como consultora de estilo e imagem posso afirmar sem receio algum a você que me acompanha aqui na UOL, que a maioria das pessoas não conhecem seus estilos e não se vestem de acordo com suas personalidades e identidades.

 

Por isso, se partimos desse pressuposto, esse incômodo e julgamento sobre a forma como os outros se vestem, pode ser muito mais um incômodo sobre como nós nos vestimos e nos apresentamos ao mundo, do que necessariamente sobre a forma como o outro está vestido.

 

Aquilo que nos incomoda em alguém, diz mais sobre nós mesmos do que qualquer outra coisa. E isso vale para roupas, acessórios, cor do cabelo, maquiagem, etc.

 

Se a maneira como os outros se vestem incomoda você, pare e reflita.

 

Nós sabemos que nossas roupas funcionam como um “cartão de visita” e, se isso não é algo racional  e consciente para você, a chance de estar se vestindo exatamente como oposto do que gostaria é bem grande.

 

E grande também é a chance de estar julgando e criticando o outro por algo que não gosta em si mesmo.

 

Por exemplo, algumas mulheres têm em seus guarda-roupas peças e mais peças com estilo esportivo e, aos finais de semana, adoram se vestir dessa forma, com looksmais leves, descontraídos e confortáveis, mesmo que não estejam indo à academia.

 

Algumas delas não gostam de passar a impressão de relaxamento ou uma sensação despojada demais, mas será que elas têm consciência disso?

 

Roupas esportivas e de academia podem passar essa impressão e para algumas pessoas até mesmo a sensação de “largado”, mas se elas têm consciência disso e se sentem bem dessa forma, está tudo certo.

 

Mas e a você, como isso te impacta?

 

Se essa aparência nos outros te incomoda, é porque você jamais se vestiria assim e, cabe a você, somente não julgar o outro.

 

O meu insight de hoje para você, leitor da F!ALERT, émuito mais sobre: o que as roupas dizem de você? E não sobre o que você diz sobre as roupas do outro.

 

Se você quiser saber mais como construir e afirmar através dos seus estilos a sua personalidade, e como começar a usar looks que digam exatamente quem você é, conheça mais do meu trabalho clicando aqui.

 

Um abraço,

 

Érica Cunha Alvarenga

Stylist and Image Consultant

Continue Reading

Geral

Conheça Victória Simonns a digital influencer que é a nova sensação da Web

Published

on

Victória Simonns

Com apenas 18 anos de idade, a influenciadora carioca, Victória Simonns, já conta com mais de 700 mil seguidores em todas as suas redes sociais. A carioca que viu sua vida mudar de um dia para o outro, conta que tudo aconteceu devido aos vídeos que postava em uma rede social e que viralizaram.

Hoje, ela acompanha de forma muito expressiva o crescimento dos seus números e engajamentos pelas redes.

Ao mostrar sua rotina e tudo mais sobre sua vida de menina trans, Victória tem conquistado muito o público, prova disso são os seus FCs que aumentam a cada dia que passa.

Muitos a seguem e acompanham pelas redes sociais, por gostar do conteúdo da influencer e por ver nela uma inspiração, pois ela mostra para os seus seguidores como é o dia a dia e como ela lida com os preconceitos que enfrenta diariamente na vida e principalmente de como você pode lidar com tudo isso sem se deixar abater.

Defensora dos seus direitos, Simonns mostra como é a realidade das coisas e tira todo o estereótipo que algumas pessoas infelizmente ainda possuem, a respeito de uma pessoa trans. Ela mostra que pode ocupar o espaço que quiser e ser quem ela bem entender, basta seguir seus sonhos e correr atrás para realizá-los.

E por falar em sonhos, Victória se sente muito privilegiada por ter desde sempre o apoio da sua mãe durante essa transição, ela conta que isso lhe dá muita força para seguir em frente, pois ela sabe que ter o apoio da família é algo difícil e muitas pessoas não conseguem esse apoio de seus familiares, tanto que ao ser perguntada pela nossa coluna qual seria seu maior sonho, Victoria Simmons afirma que seria dar orgulho para sua mãe que tanto lhe apoia.

Crédito das Fotos: Ag. Look

Continue Reading

Geral

Feira de São Cristóvão completa 75 anos e mantém viva as tradições nordestinas

Published

on

A Feira de São Cristóvão – Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (CMLGTN) , também chamada de Feira dos Nordestinos, celebra mais de sete décadas mantendo viva a cultura dos imigrantes que chegavam ao bairro da zona norte da capital fluminense. O pedaço mais nordestino no Rio de Janeiro completa 75 anos no dia 20 de setembro e as comemorações, seguindo as Regras de Ouro, começam neste domingo (20/09), que devem seguir até o final do ano com lives temáticas. Pela primeira vez na história do equipamento municipal uma mulher e ex-feirante é a gestora do local, Magna Fernandes fala do seu desafio.

 

“Sou paraibana e tenho muito orgulho. Parece que foi ontem que eu puxava lona e hoje estou como gestora. É um desafio diário, uma responsabilidade, que eu encaro de frente. Estamos no clima da reabertura e seguindo as Regras de Ouro da Prefeitura. Essa retomada e reabertura nos enche de orgulho e uma certeza: temos muito trabalho pela frente”, afirma a gestora municipal Magna Fernandes.

 

O pavilhão abriga cerca de 700 barracas com comida típica, ingredientes e temperos da culinária regional, artesanato e objetos do folclore nordestino.

 

“Para mim, 75 de feira são 75 anos de luta. Altos e baixos. Ontem era tabuleiro na rua. Já puxei muita lona. E aqui no pavilhão eu criei meus filhos com muito orgulho. Aqui é a minha segunda casa. E em meio a uma pandemia, estamos fazendo o aniversário da esperança. Uma batalha diário”, afirma a feirante Maria da Guia.

 

O espaço fica aberto ao público na sexta das 10h às 20h, no sábado das 10h às 22h  e no domingo de 10h às 20h.

 

História da Feira de São Cristóvão

 

Os primeiros movimentos por ali começaram em 1945, quando retirantes chegavam ao Campo de São Cristóvão em caminhões, para trabalhar na construção civil. O fim da viagem e o reencontro com parentes e conterrâneos que já estavam no Rio eram comemorados com muita música e comida. Essa celebração informal deu origem à Feira, que permaneceu no entorno do Campo por 58 anos.

 

Nos anos 1960, foi construído, com projeto do arquiteto Sérgio Bernardes, o Pavilhão de São Cristóvão, que tinha o objetivo de abrigar exposições internacionais. Até o final dos anos 1980, o local recebeu importantes eventos, como o Salão do Automóvel e feiras industriais. Mas isso não afastou os comerciantes, e as barracas eram montadas e desmontadas todos os fins de semana.

 

Em 2003, o antigo pavilhão foi reformado pela Prefeitura e a Feira – já legalizada desde 1982 – começou a funcionar dentro do Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas. Os trabalhadores ganharam boxes de alvenaria e cobertura, no espaço de 34 mil metros quadrados. O local possui três palcos e cinco praças com nomes de artistas e cidades nordestinas. Uma estátua em tamanho natural de Luiz Gonzaga, “O Rei do Baião”, dá as boas-vindas a quem chega.

 

Em dezembro de 2008, a Prefeitura declarou o Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas Patrimônio Cultural dos Habitantes da Cidade do Rio de Janeiro, a fim de preservar o espaço e as características nordestinas ali representadas. Em 2010, uma lei federal tornou a Feira de São Cristóvão Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

 

Serviço

 

75 anos de Feira de São Cristóvão

Onde: Feira de São Cristóvão. Campo de São Cristóvão, s/n. Bairro de São Cristóvão. Zona Norte do Rio de Janeiro.

 

Funcionamento: na sexta das 10h às 20h, no sábado das 10h às 22h e no domingo de 10h às 20h. Sábado e domingo R$5 a entrada.

 

Mais informações: 21 3860-1842 / https://www.feiradesaocristovao.org.br

Continue Reading

Geral

Você já conhece o fotógrafo renomado Carlos Serrão?

Published

on

O Carlos Serrão é forrmado pela escola Techimage e Max Studio em Barcelona, Espanha.

Há mais de 30 anos trabalhando como Designer, Formado em projeto de Arquitetura pela PROTEC, Artes Gráficas pela USP e Produção gráfica digital pela UNIP, Carlos Serrão se tornou um nome fundamental quando se fala em sofisticação, inovação e alto padrão. Sua ótica impar levou ganhar um prêmio nos Estados Unidos quando ainda trabalhava na Tânia Bulhões como Designer, prêmio que o fez se tornar um dos maiores designer do Brasil, Em 2000 Carlos Serrão começa estudar fotografia na Escola TECHIMAGI, e tão logo começou a fotografar para Revistas e produzir capas para a Revista Decorar e conteúdos para revista Vogue e como fotografo Jornalista para a revista Ponto Futuro Futebol e Agência Futura Press. Algumas capas particularmente, lhe trouxeram grande alegria como as dos jogadores Kaka (Real Madri), Rogério Ceni (São Paulo), Cléber (Internacional), e o goleiro Marcos do Palmeiras.
Tendo grande êxito nesses projetos em 2005, Carlos Serrão é convidado pela agência Futura Press para acompanhar os candidatos à prefeitura de São Paulo nas eleições, como fotógrafo jornalista.

Após uma série de trabalhos, Carlos Serrão é desafiado a compor a equipe de comunicação visual de Tânia Bulhões com um objetivo de inovar.
Consciente do desafio, ele focou seus esforços em traduzir em cada expressão de seus trabalhos requinte e classe, dialogando simultaneamente com o que há de mais moderno no mercado mundial. A partir dai, Carlos Serrão desenvolve junto com a equipe todo o conceito da área visual que vai desde site, catálogos, banners a ensaios fotográficos.

Após o sucesso dos trabalhos realizados Carlos Serrão permanece até 2012 desenvolvendo seus trabalhos na empresa Tania Bulhões. Como fotografo ainda Trabalhando na Tânia Bulhões, Carlos Serrão fotografa para o primeiro livro da Serie Tânia Bulhões, ao lado de grandes fotógrafos como Cesar Cury, Tuca Reines e JR Duran. No fim do primeiro trimestre após uma viagem à Barcelona onde aperfeiçoou seus estudos na MaxStudio de Fotográfia, Carlos Serrão volta da Europa decidido a empreender seu próprio negócio e da vida a um antigo sonho começando sua empresa.

 

Assim começa a trabalhar com ensaio, books fotográficos fazendo alguns trabalhos também para Mega Model Brasil, ensaios Gestantes, Casal e ensaio externos, porém os ensaios sensuais acabou virando vitrine e a procura demasiada acabou se especializando em ensaios Sensuais.

 

Fotografando para revista Salve, especializada em ensaio sensuais, começa uma rotina de aproximadamente 4 ensaios por semana variando entre seu estúdio no Jabaquara e suas locações no Morumbi, Vila Mariana, Interior de SP entre tantas outras locações. Hoje trabalha com mulheres que não são modelos fotográficas e sim mulheres comuns que estão em suas casas, em seus lares, e também profissionais como: advogadas, policiais, babás, enfermeiras, médicas entre tantas mulheres que desejam ter um dia de modelo, ou até presentear seus maridos e companheiros.

Confira alguns dos trabalhos do Carlos:

Siga o Carlos Serrão nas redes sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/carlosserrao.oficial/
Site: https://www.carlosserrao.com.br/

Continue Reading

Trending

© 2020 FashionAlert