Connect with us

Vira Homem Por Gustavo Tait

“ME DESCULPE POR SER HOMEM”

Published

on

Salve meu mano, eu sou o Gustavo Tait e essa é a coluna Vira Homem.

 

Hoje em nossa coluna não poderei deixar de abordar esse tema que balançou as redes sociais durante toda essa última semana. Um pronunciamento de um participante do tal programa mais assistido nacionalmente, colocando o fato de ser homem como algo digno de se desculpar e se envergonhar.

 

Sem julgamentos ao tal participante, esse fato apenas deixa claro o atual momento em que vivemos em nosso país. Um movimento totalmente incoerente e perigoso que coloca os homens como os grandes vilões da humanidade. Essa erronia interpretação vem se alastrando de norte a sul do Brasil e seus efeitos colaterais apenas aumentam o grande problema que enfrentamos do desequilíbrio das energias masculinas e femininas, gerando homens cada vez mais “afeminados” e mulheres cada vez mais “masculinizadas”.

 

Não existe dúvidas do real privilégio existente em ser homem, hetero, branco nos dias atuais, também não há dúvidas, que somos nós homens responsáveis pelas principais atrocidades que ocorrem em nosso planeta, como eu mesmo já mencionei em minha última postagem aqui na coluna, mas isso de forma alguma pode desqualificar o papel fundamental da energia masculina em nossa sociedade, nós homens carregamos enormes potencialidades fundamentais para a evolução e equilíbrio de nossa estrutura social, renegar isso é simplesmente um caminho totalmente catastrófico.

 

Pedir desculpas por ser homem e colocar o homem em um papel de único e exclusivo vilão, só aumenta o discurso de ódio iniciado pelas “pseudo feministas” que tem o objetivo de uma guerra contra os homens, de invalidar qualquer fala ou atitude vinda de alguém do sexo masculino, algo muito diferente do genuíno e valioso movimento feminista que tem o objetivo de igualdade entre os sexos.

 

Existe uma linha muito tênue ao entender que nós homens precisamos sim de uma transformação ao fato do absurdo de renegar ser homem por esse motivo.

 

Nós homens precisamos assumir nosso verdadeiro papel e ter ORGULHO de nossa energia e características masculinas, precisamos entender que somos também vítimas de uma sociedade machista e patriarcal, que enraizou em nossa alma ensinamentos distorcidos sobre o verdadeiro papel de ser homem. Des de pequenos fomos condicionados a ter certas atitudes que hoje precisam ser urgentemente reavaliadas e transformadas.

 

É justamente esse o principal objetivo desta coluna. Mergulharmos na raiz desses problemas e desconstruirmos infinitos conceitos que foram nos ensinados desde que nascemos sobre o que seria ser um homem de verdade, dessa forma conseguiremos resgatar nossa essência e resolver a grande maioria de nossos problemas pessoais e sociais.

 

Na próxima semana trarei de forma simples e direta a grande maioria desses conceitos, os quais chamarei de “Algemas”, e sim, você homem que está lendo esse texto, terá dezenas dessas algemas, muitas garanto que você jamais imaginaria, mas estão ali atrapalhando e destruindo a sua vida de forma silenciosa.

 

Com muito orgulho de ser homem, continuamos nossa missão.

 

Até breve. Gustavo Tait.

 

 

 

 

 

 

Vira Homem Por Gustavo Tait

O PESO DA MENTIRA

Published

on

Salve meu mano, eu sou o Gustavo Tait e essa é a coluna Vira Homem.

Caso você esteja chegando agora por aqui, diretamente nessa reportagem, lhe convido a acessar os artigos anteriores, onde trago uma sequência de informações de grande valia para sua evolução e transformação pessoal. Essa coluna tem uma sequência lógica que são complementadas a cada semana.

O PESO DA MENTIRA

Conforme abordamos na semana passada, a mentira é um mal que assombra grande parte da população brasileira, onde pesquisas mostram que mais de 95% dos homens, mentem ao menos 10x por dia, podendo chegar até a 100 mentiras diárias.

Seja mentirinhas “inocentes” ou até grandes mentiras. Não importa o tamanho que seja, mentira é mentira e tem consequências gigantescas na vida do mentiroso e daqueles que são enganados.

Caso você não tenha lido a última coluna, sugiro que volte ao menu principal e acesse agora a postagem “EI MENTIRO, ESSA É PARA VOCÊ”.

Agora que temos a total consciência que não existe justificativa para uma mentira e que sim a mentira é o maior ato de covardia que podemos ter, pois impedimos o enganado de viver a realidade, precisamos adentrar nosefeitos colaterais que as mentiras causam em nossas vidas.

A MENTIRA PESA MUITO, sabe aqueles segredos que você tem guardado, aquelas mentiras que sustenta a anos, aqueles fatos que você não gosta nem de pensar, então meu amigo, eles podem ser a causa de grande parte dos seus problemas físicos e emocionais.

Por mais profundo que você possa deixar, essas mentiras que você conta diariamente ou precisa sustentar de toda maneira, acabam causando gigantescos danos em seu sistema nervoso, deixando o corpo sempre em alerta, na defensiva, gerando um stress crônico invisível.

Não é possível vivermos uma vida em liberdade e leveza sustentando mentiras. Sempre estaremos em alerta,pensando na possibilidade de sermos desmascarados. Ai de uma mentirinha simples, precisaremos contar outra e outra e outra…

Se o nosso objetivo aqui nessa coluna é trabalhar nossa evolução pessoal e cura masculina, precisamos de vez olhar de frente para nossas mentiras.

Lhe convido agora a fazer uma reflexão de todas as mentiras que você sustenta, seja elas qual forem, se possível escreva em um papel, quando escrevemos potencializamos muito essa atividade, tente ir mais profundo possível e lembre-se de que não existe mentira do bem, mentirinha inocente, mentira para proteção dos outros, mentira é mentira, então acesse toda sua vida e traga a consciência todas as mentiras que você está sustentando hoje, também traga a consciência aquelas mentiras que você conta diariamente sobre sua masculinidade, dinheiro, sexualidade, seja ela qual for.

Olhe frente a frente para todas essas mentiras e saiba que elas podem ser as responsáveis por seu nervosismo, sua depressão, sua ejaculação precoce, sua impotência, seus vícios… Como já mencionamos aqui, nosso corpo é perfeito e sempre está em busca do equilíbrio, toda mentira tem um peso e sim, nosso corpo buscara uma válvula de escape para amenizar esse peso.

Agora que trouxemos à tona essas mentiras que sustentamos, nosso objetivo será criar um plano de ação para excluir de vez esses pesos de nossa vida. Mas calma, não estou falando que você terá que sair escancarando a verdade de uma hora para outra, isso precisara ser feito com inteligência e de forma estratégica, para não causar ainda mais danos.

Se seu objetivo é transformar sua vida e se tornar um HOMEM de verdade, preciso lhe dizer, HOMEM que é HOMEM não mente! Sendo assim a partir desse momento lhe convido a agir somente em verdade custe o que custar, já as mentiras do passado que estão pesando tanto sua vida, iremos juntos criar uma estratégia para tirar de vez esse peso de suas costas. Mas isso faremos na próxima semana aqui em nossa coluna.

Vamos juntos irmão, nosso desafio é passar essa semana agindo somente em verdade, você é capaz? Eu confio em você.

Se você acha que esse tema é relevante, compartilhe com o máximo de pessoas que puder, para que juntos possamos construir uma sociedade melhor para nós e para as próximas gerações.

Até breve.

Gustavo Tait.

Continue Reading

Vira Homem Por Gustavo Tait

EI MENTIROSO, ESSA É PARA VOCÊ.

Published

on

Salve meu mano, eu sou o Gustavo Tait e essa é a coluna Vira Homem.

Caso você esteja chegando agora por aqui, diretamente nessa reportagem, lhe convido a acessar os artigos anteriores, onde trago uma sequência de informações de grande valia para sua evolução e transformação pessoal. Essa coluna tem uma sequência lógica que é complementada a cada semana.

EI MENTIROSO, ESSA É PARA VOCÊ.

Não importa o tamanho da mentira, se é mentirinha, mentira ou mentirona, o que realmente importa é termos a consciência que nós homens somos grandes MENTIROSOS.

Pesquisas recentes mostram que mais de 95% dos homens mentem ao menos 10 vezes por dia, mas esse número pode chegar até a espantosa marca de 100 mentiras diárias.

Mentimos para nossos amigos, mentimos em nosso trabalho, mentimos para nossos filhos, para nossas companheiras, mentimos para qualquer pessoa que tivermos uma interação.

Mas por qual motivo temos esse hábito tão doentio de mascarar a verdade?

Pasmem, mas o motivo se encontra no mesmo lugar onde se iniciaram a grande maioria dos problemas de sua vida, lá em sua infância, onde as famosas algemas foram fixadas.

Nas últimas postagens da coluna, tivemos a clareza de como as algemas que foram nos fixadas sobre o que seria ser um verdadeiro homem, causaram em nossas vidas, enxergamos como essa doentia busca em se tornar “MACHO” tem causado grandes destruições em nossa saúde física e mental.

Especificamente na última postagem, falamos sobre as formas que nosso corpo busca para tentar se livrar de tamanha pressão, que são as temidas e perigosas válvulas de escape, como drogas, pornografia, agressividade, remédios, entre todos os tipos de anestésicos oferecidos em nossa sociedade.

Acontece que além de tudo isso já mencionado, o nosso corpo encontrou uma outra maneira de se proteger das cobranças da sociedade, uma forma de se esquivar e se reafirmar perante as situações apresentadas, um mecanismo de defesa, que foi enraizado em nossa vida desde muito cedo, que são as MENTIRAS.

Estudos comprovam, que logo aos 2 anos de idade as crianças começam a contar suas primeiras mentiras, a criança consegue decifrar que se mascarar a verdade irá ganhar aprovação de seus pais e melhor que isso, não irá decepcioná-los das expectativas geradas.

O problema é que na sequência ela aprende também que se ela mentir, ela irá conseguir com maior facilidade a realização de seus desejos, ou seja, logo aos 2 anos de idade, nós já aprendemos que a inverdade é vantajosa e que nossos educadores ficam mais satisfeitos com uma mentira bem contada do que com uma verdade dolorida.

Assim fomos todos educados e assim fomos enraizados com a ideia de que existem tipos de mentira, que existem mentiras do bem, que existem mentiras sem malicia, que existem mentiras para não machucar os outros, também fomos absorvendo a ideia que não se deve falar a verdade sempre, que a verdade machuca, que devemos poupar os outros, entre milhares de desculpas que criamos ao longo de milhares de anos para justificar algo injustificável.

Juntando todo esse contexto ao nosso tema central dessa coluna, que é nosso masculino ferido, nós homens afins de nos reafirmarmos com “MACHOS” dentro da sociedade, potencializamos essas mentiras de forma exponencial em nosso dia a dia, criando uma bola de neve de sentimentos e ações autodestrutivas.

Doa o que doer, a realidade é, A MENTIRA É O MAIOR ATO DO COVARDIA que podemos realizar. Quando mentimos por qualquer motivo que seja, estamos roubando das pessoas envolvidas a oportunidade da verdade.

Não importa quão dolorosa for a verdade, nós somos seres humanos vivenciando essa vida com o objetivo de evolução, cada ser aqui na terra é único e tem seu papel, sua vida, seus dilemas e seus desafios. Quando agimos em inverdade, por menor que ela seja, estamos impedindo o processo da outra pessoa de viver a sua verdadeira jornada.

A realidade é, que quando mentimos não estamos protegendo o outro da verdade e sim estamos sendo covardes, nos protegendo da reação da outra pessoa com a verdade contada.

Trazendo para o universo masculino, temos também as mentiras de “Homens”, que além de tudo, alimentam nossa cultura patriarcal, machista e doentia. Homens mentindo o tempo todo a seus amigos sobre mulheres, sobre experiências sexuais, sobre conquistas, sobre dinheiro, mentindo sobre seus dilemas e dores. O resultado disso é mais mentiras por parte de quem ouve para não ficar por baixo, e infinitos transtornos psicológicos para aqueles que ouvem e acreditam nas mentiras e se cobram por não ter a mesma “Vida de macho” que seus amigos mentirosos fingem ter.

Amigos, não existe atitude mais honrosa e de um verdadeiro HOMEM do que agir em verdade. Sei que é um trabalho muito difícil e irá requisitar de muita força, mas se seu objetivo é ser um homem de verdade lhe digo, HOMEM DE VERDADE NÃO MENTE.

Na próxima semana continuarei nesse tema tão importante, onde identificaremos e criaremos um plano de ação para tirar de vez esse mal de nossas vidas.

Se você acha que esse tema é relevante, compartilhe com o máximo de pessoas que puder, para que juntos possamos construir uma sociedade melhor para nós e para as próximas gerações.

Até breve.

Gustavo Tait.

Continue Reading

Vira Homem Por Gustavo Tait

HOMEM, QUAL SUA VALVULA DE ESCAPE?

Published

on

Salve meu mano, eu sou o Gustavo Tait e essa é a coluna Vira Homem.

Caso você esteja chegando agora por aqui, diretamente nessa reportagem, lhe convido a acessar os artigos anteriores, onde trago uma sequência de informações de grande valia para sua evolução e transformação pessoal. Essa coluna tem uma sequência lógica que são complementadas a cada semana.

Na última postagem acabei interrompendo a sequência de pensamentos que estávamos abordando sobre as algemas masculinas, para falar sobre um tema emergencial em nossa sociedade, o grande aumento no número de casos de depressão e suicídios entre os homens em nosso país.

Voltando ao ponto, já reconhecemos o quanto nós homens carregamos infinitas algemas em nossas vidas, crenças e ensinamentos limitantes que foram fixados em nossa cabeça desde que éramos crianças e impactam diretamente em todas nossas ações até o dia de hoje, aquele famoso “Homem não chora” e todas suas milhões de variações.

Agora o que entenderemos são os efeitos colaterais que essas algemas causam em nossas vidas, basicamente todas essas crenças sobre o que é ser um verdadeiro homem são incoerentes nos dias de hoje, dessa forma vivemos diariamente uma briga interna, realizando ações que não gostaríamos a fim de manter uma máscara de homem, macho, durão.

Para exemplificar de forma bem simples podemos citar o exemplo do homem que é comprometido, mas trai sua companheira de alguma maneira, apenas para mostrar para os outros homens que ele é “garanhão” e não está preso a uma só mulher… Ou ainda o homem que se alimenta mal na frente dos amigos pois tem vergonha de mostrar que gostaria de cuidar melhor de seu corpo… Ou o homem que precisa mentir para seus amigos para esconder que vai a um terapeuta, ou até mesmo que faz procedimentos estéticos… Ou o homem que sempre finge estar feliz, mas por dentro sofre e chora calado por suas dores internas…

Poderia aqui dar milhões de exemplos que vão desde coisas simples como mencionei acima, até ações muito profundas e complexas que nós homens realizamos diariamente a fim de manter a postura de HOMEM MACHO.

O que acontece, é que toda essa incoerência gera um incomodo interno que mascaramos de todas as maneiras para não olharmos de frente, aí está o início da grande parte dos problemas que nós homens enfrentamos em nosso dia a dia.

Não sabendo lidar com esse turbilhão de emoções reprimidas, buscamos nas infinitas válvulas de escape oferecidas em nossa sociedade uma maneira de aliviarmos esse peso interno que carregamos.

Drogas de todos os tipos, pornografia, violência, ganância, bebidas, cigarros, remédios e todos os tipos possíveis de vícios e anestésicos artificiais e até naturais.

O pior disso tudo, é que não olhando de frente para esses sentimentos e se utilizando dessas válvulas de escape, pioramos ainda mais nossa situação e geramos ainda mais estres para nosso corpo.

É nesse momento que a saúde mental dos homens começa a ser destruída, tristeza, angústia, vazio interno, depressão, síndrome do pânico, ejaculação precoce, impotência, dores no corpo e outros infinitos problemas são gerados em nossas vidas,afim do corpo tentar nos dar um recado para olharmos para a raiz desses problemas.

É meu amigo, felizmente lhe digo, caso você esteja sofrendo esses efeitos colaterais, a solução pode ser muito mais simples que você imaginava, porém digo simples e não digo fácil.

Olhar para nossas algemas, reconhecê-las, aceitá-las e começar a transforma-las, para ter uma vida em coerência não é um trabalho fácil, mas garanto que é o único caminho caso você queira se tornar um verdadeiro homem e viver essa vida com mais qualidade e saúde física e mental.

Lhe convido a rever os artigos aqui já publicados, realizar as atividades propostas de forma consciente para podermos dar sequência em nosso processo de cura de nosso masculino ferido.

Estou aberto a trocas em minha rede social no instagram @gustavotait

Até a próxima semana.

Gustavo Tait.

Continue Reading

Vira Homem Por Gustavo Tait

A DOR DE UM, É A DOR DE TODOS.

Published

on

Salve meu mano, eu sou o Gustavo Tait e essa é a coluna Vira Homem!

Nessa semana interromperei a sequência de pensamentos que venho abordando durante as últimas semanas, para trazer um tema extremamente atual e necessário para nossa saúde mental.

Infelizmente um ano de pandemia se passou e cá estamos vivendo o pior momento dessa história. Em conjunto com o aumento exponencial do número de contaminados, temos outros números assustadores em crescimento, porém invisíveis a nossos olhos e desprezados pela grande mídia, estou falando sobre os casos de depressão e suicídios que atingem em conjunto com a COVID-19, o seu pico de crescimento, tendo nós homens como as principais vítimas.

Seguindo o título, “A dor de um, é a dor de todos” precisamos compreender que é totalmente inerente ao ser humano sentir de forma direta toda a dor que milhões de pessoas estão passando atualmente no mundo, mais especificamente nesses últimos dias aqui no Brasil com o forte aumento no número de mortes, é mais do que natural que nossa energia mude, que nos sentiremos mais tristes, cansados, desanimados… É impossível qualquer ser humano que esteja acompanhando de forma consciente tudo que nosso pais esta passando nesse momento, não ter sua vida e saúde mental totalmente impactadas.

O que acontece é que nós homens, por todas as “algemas” que carregamos, conforme mencionei nas duas últimas semanas, não admitimos “Sentir” emoções negativas que diminuam nossa força vital, qualquer mudança de sentimentos que não identificamos, temos quase que como obrigação de mascarar e esconder de nós mesmos essas emoções, protegendo nossa “masculinidade” de transparecer “frágil” a nós mesmos e as pessoas ao nosso redor, assim iniciando um ciclo extremamente perigoso e até mortal.

Nosso corpo no extinto de sobrevivência, precisará lidar com essas emoções reprimidas de alguma maneira, seja ela buscando válvulas de escape como drogas, vícios, nervosismo, violência, entre todas as infinitas formas oferecidas pelo mundo. Porém em tempos de pandemia e isolamento social, essas válvulas de escape ficam limitadas, gerando assim um gigantesco aumento no número de doenças mentais, como a depressão, que pode se agravar até o pior desfecho, o suicídio.

Amigos, trago essas informações para dizer que, está tudo bem, não tem nada de anormal contigo, não tem nada de anormal em estar com esses sentimentos de tristeza, desanimo, sem forças… Estamos vivendo o que talvez possa ser um dos piores momentos de nossa história, não se cobre estar em sua melhor versão mental e energética nesse período. Nesse momento precisamos silenciar e acolher todos esses sentimentos que estão borbulhando em nossas cabeças, entender que é impossível estarmos 100%, com o mundo desabando, lembre-se sempre, a dor de um é a dor de todos, somos seres totalmente energéticos interligados por um todo, somos todos um.

Tudo indica que as próximas semanas serão ainda mais desafiadoras em nosso pais, dessa forma lhe convido a nesse momentos tentar identificar todos os sentimentos, medos, incertezas que estão lhe pesando o coração, tente acolher cada um desses sentimentos e dizer para si mesmo que, esta tudo bem sentir. Se o fardo estiver muito pesado, não deixe por orgulho, de dividir esse fardo com as pessoas a seu redor, converse, verbalize o que está sentindo, isso jamais vai lhe fazer “menos homem”, pelo contrário, somente pessoas de muita força e coragem conseguem se abrir em vulnerabilidade, quem sabe a sua dor e angústia, seja a mesma da pessoa pela qual você ira se abrir, tenha certeza de que você não está sozinho nessa.

Caso realmente você não tenha com quem dividir esse peso, ou até mesmo que após dividir ainda a angústia esteja grande, procure um profissional da área de psicologia que com certeza eles iram lhe auxiliar a passar por esse momento, eu mesmo com todo conhecimento e consciência que tenho, faço semanalmente terapias visando minha saúde mental.

Tudo ira passar, tudo ficará bem, acolha-se!

Se esse texto lhe trouxe alguma luz e você acha que pode auxiliar na vida de mais pessoas, encaminhe para os amigos e vamos juntos construir um mundo melhor para nós e para as próximas gerações.

Estou aberto a trocas em minha rede social no Instagram @gustavotait

Um grande abraço,

Gustavo Tait.

 

Continue Reading

Trending

© 2020 FashionAlert